Uma sugestão de leitura

Confesso que, depois de escrever sobre (e a partir do) Oriente Médio por mais de oito anos, meu trabalho e minha atenção jornalística estiveram muito mais voltados para esta região do que para outros países. Sei muito mais do que acontece no Oriente Médio, mesmo em países nos quais não posso (por lei, tendo cidadania israelense) visitar, do que sei a respeito de outras regiões no mundo.

O xadrez político no Oriente Médio me fascina, e está impresso em três de cada quatro livros na minha biblioteca aqui. É também o que eu leio nos jornais que assino, na internet, em blogs de especialistas. É o assunto que busco aprender sempre que vou a eventos, quando participo de coletivas de imprensa, quando viajo pelo país e pelos territórios palestinos (como farei no próximo domingo, leia depois no Expresso Oriente).

Por isso, a ideia de trabalhar com uma região nova, embora me pareça fascinante, é também um desafio enorme. Vou passar a escrever sobre uma região sobre a qual sei pouco, muito pouco, certamente muito menos do que sei sobre Israel, Irã, palestinos, Egito e outros países vizinhos ou menos vizinhos de onde moro desde 2004.

Minha primeira providência, ainda antes de o projeto estar fechado, foi conversar com o adido de imprensa da Embaixada de Angola em Tel Aviv, Pedro Manuel. Ele é amigo do meu “mestre” no jornalismo, o Nahum Sirotsky. Meses antes, eu tinha conhecido o embaixador de Angola, José João Manuel “Jota”. Foi no Parlamento israelense, logo depois do polêmico discurso do presidente Lula na visita que ele fez a Jerusalém.

No nosso papo, em uma sala cheia de jornais israelenses e uma televisão transmitindo um programa de notícias em português de Angola, o simpático Pedro Manuel prometeu que me ajudaria com material sobre o país. Na mesma semana, chegou em casa um envelope gordo, com livros, folhetos, um DVD e uma revista.

Claro que eu tenho lido muita coisa na internet a respeito, mas o guia eBiz de Angola, “the premier guidebook for business globetrotters“, me ensinou um monte de coisas sobre o país. Aconselho a leitura a quem tiver interesse.

E quem tiver outras sugestões e quiser dividi-las comigo, são bem-vindas!

Sobre Gabriel Toueg

Jornalista.
Esse post foi publicado em Indo para Angola e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Uma sugestão de leitura

  1. Muito muito muito sucesso pra você. É só o que desejo!
    E claro, muuitas publicações sensacionais pra nós.😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s